Emprego
Classificados
Meteorologia
Farmácias
Resultados Futebol

Arquivo

Desporto

Programa de actividades promovido pela Câmara Municipal chegou ao fim no dia 30 de Julho com a actividade de rapel em Porto de Muge
Cartaxo Aventura com mais participantes

Participantes experimentaram novas emoções e garantem disponibilidade para voltarem em futuras edições do programa desenvolvido pela autarquia cartaxense, que visa sobretudo fomentar o convívio entre os cidadãos do concelho.

Edição de 2011-08-04
Imprimir ArtigoComentar ArtigoEnviar para um amigoAdicionar aos favoritos

Foi com a prática de rapel na Ponte Rainha D. Amélia, em Porto de Muge, mesmo à beira-rio, que o Cartaxo Aventura 2011 chegou ao fim. Na manhã do dia 30 de Julho, quase duas dezenas de pessoas sentiram a adrenalina desta actividade radical, que para alguns contribuiu também para ultrapassar o receio das alturas.

A maioria dos participantes teve neste dia um primeiro contacto com o rapel, ao passo que outros quiseram aperfeiçoar-se nesta actividade, criada a partir de técnicas de alpinismo.

Os participantes subiram a pé ao tabuleiro da ponte, onde os esperava uma descida mais apetecível. Usando a corda e todos os outros acessórios e métodos de segurança, desceram em vão livre os cerca de 12 metros de altura, sob orientação dos técnicos de desporto da Câmara Municipal do Cartaxo.

Depois de ter visto com que facilidade a mãe efectuou a descida, a pequena Lara Barrela, de 7 anos, não hesitou em querer também usufruir da experiência. A descontracção e à vontade com que enfrentou as alturas ajudaram-na no exercício, contudo, não foi propriamente uma actividade que a surpreendesse. “Não gostei muito, prefiro a canoagem”, revelou, enquanto se libertava da “cadeirinha” e do capacete.

A família Barrela tem sido presença habitual nas actividades do Cartaxo Aventura. Os pais de Lara - Carlo e Vera - têm aproveitado o programa para usufruir de novas experiências, mas também para passar bons momentos em família. “Sempre que podemos, participamos. Estas iniciativas são muito boas, dão-nos boas experiências, convivemos e permitem-nos conhecer também os cantos do concelho, como este onde estamos, que eu não conhecia e é muito giro”, referiu Carlo Barrela.

Neste dia José Magalhães não só se estreou no rapel, como foi a primeira vez que participou numa actividade do Cartaxo Aventura. Sente pena de não ter tido conhecimento do programa mais cedo, porque, revelou, “tinha aproveitado outras actividades, como a canoagem”.

Agora que tem mais tempo livre, José diz ter-se tornado um maior adepto do desporto. Pretende experimentar outras modalidades, como foi o caso do rapel, cuja experiência considerou muito boa. “Espero fazer mais coisas do género e no próximo ano vou estar mais atento a estas actividades, que são uma excelente oportunidade para praticar outros desportos”, acrescentou.

A edição deste ano do Cartaxo Aventura teve uma afluência de participantes nunca antes registada, o que leva os técnicos do desporto envolvidos nas actividades a fazerem um balanço muito positivo do programa de 2011. De destacar as participações na canoagem, que envolveu mais de meia centena de pessoas, e do baptismo de mergulho, que juntou cerca de 30 participantes.

O Cartaxo Aventura é um programa promovido pela Câmara Municipal do Cartaxo, com participação gratuita e aberta a toda a população, que tem como principais objectivos incentivar a prática de actividade física, proporcionar novas experiências e fomentar o convívio.

Diga o que pensa sobre este Artigo. O seu comentário será enviado directamente para a redacção de O MIRANTE.

Gostei Concordo
Comentários
Nome Email
Autorizo a eventual publicação na edição em papel do Mirante.

2008 © Jornal O MIRANTE, todos os direitos reservados | Termos de Utilização | Política de Privacidade | FAQ’S | Contactos | RSS

Voltar ao topo