Emprego
Classificados
Meteorologia
Farmácias
Resultados Futebol

Arquivo

Sociedade

Estudo de impacte ambiental da Avipronto de Benavente está em consulta pública

Edição de 2011-08-25
Imprimir ArtigoComentar ArtigoEnviar para um amigoAdicionar aos favoritos

O estudo de impacte ambiental do aviário da Avipronto na Quinta das Necessidades, em Benavente, está em consulta pública até 13 de Setembro. A empresa já explora as instalações desde 1989 mas só em 2006 se iniciou a produção de frangos com uma capacidade de quase dois milhões de aves por ano. O estudo visa agora a obtenção da licença ambiental para as instalações.

O documento aponta com impacte ambiental “significativo” o consumo de água que é de 15 mil metros cúbicos por ano. A remoção das “camas” das aves poderá originar impactes significativos na qualidade da água, caso ocorra uma deposição final não controlada destes resíduos. Ao nível da qualidade do ar os impactes prendem-se com a utilização de um sistema de aquecimento, o que provoca emissões gasosas para o exterior. Como positivo salienta-se a manutenção e aumento esporádico dos postos de trabalho e o consumo de biomassa em vez de gás propano, no aquecimento do ar interior do aviário.

O estudo de impacte ambiental está disponível na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo, em Lisboa e na delegação de Caldas da Rainha, na Agência Portuguesa do Ambiente e na Câmara de Benavente. O resumo não técnico pode ser consultado em www.ccdr-lvt.pt.

Diga o que pensa sobre este Artigo. O seu comentário será enviado directamente para a redacção de O MIRANTE.

Gostei Concordo
Comentários
Nome Email
Autorizo a eventual publicação na edição em papel do Mirante.

2008 © Jornal O MIRANTE, todos os direitos reservados | Termos de Utilização | Política de Privacidade | FAQ’S | Contactos | RSS

Voltar ao topo